A imprensa alternativa e a panfletagem petista

jucakfouri
Gleisi Hoffmann e Juca kfouri no programa Entre Vistas: jornalismo chapa-branca (Reprodução: YouTube)

Por Lucas A. Guedes

Há certo tempo acompanho a chamada mídia alternativa mais de perto, já que a grande imprensa deixou de disfarçar e passou a expor sua militância anti-PT sem o menor pudor. Porém, acompanhando o trabalho do que muitos chamam de “jornalismo independente”, fica bastante claro que essa imprensa tem lado, e não é simplesmente o da esquerda, e sim do Partido dos Trabalhadores. As evidências saltaram aos olhos nestas eleições graças as reações pós-derrota do candidato Fernando Haddad.

Os sinais mais claros desta nítida panfletagem se deram em torno das reações desta imprensa frente ao posicionamento no segundo turno do candidato do PDT Ciro Gomes. Sem o menor constrangimento, assim como a PIG*, esta mídia passou a atacar sem cerimônias o ex-governador do Ceará, quase que o responsabilizando pela derrota do PT no segundo turno, quando todos com um mínimo de razoabilidade sabiam que o segundo turno estava resolvido graças ao que Ciro tanto alertou: o antipetismo.

Fato é que Ciro Gomes decidiu não apoiar publicamente o candidato do PT também como uma reação ao trabalho feito pelo PT para isolá-lo no primeiro turno, sendo Lula o articulador principal para que o PR e o PSB não apoiassem o presidenciável do PDT. À esta altura, as pesquisas já revelavam o poder da rejeição ao ex-presidente, mas o partido fechou os olhos ao problema. De maneira ingênua, acreditaram que entre Lula e Haddad haveria somente a transferência de votos, ignorando que a rejeição também seria repassada, e segundo turno ganha quem tem menos rejeição.

Analisando este fato e ainda mais a campanha do PT no primeiro turno (Lula é Haddad. Haddad é Lula.), fica claro que a responsabilidade pela vitória da extrema-direita no Brasil se deve a relutância do PT em não lançar uma candidatura própria. Mas a leitura das mídias alternativas isenta o ex-presidente e a presidente do PT Gleisi Hoffmann, que durante a eleição e no auge da rejeição ao PT concedia entrevistas em que dizia que Haddad deveria indultar Lula. Porém, para a mídia alternativa uma simples falta de posicionamento explícito de Ciro no segundo turno foi mais determinante.

Nesta terça-feira a presidente do Partido dos Trabalhadores foi convidada do programa “Entre Vistas”, da TVT, programa patrocinado pela CUT. Em certo ponto, a entrevista chapa branca chegou ao seu auge: O apresentador Juca Kfouri questionou Gleisi sobre o não posicionamento de Ciro Gomes, embutindo na pergunta a tese de que Ciro é um machista. Apesar da relutância da presidente do PT em afirmar tal coisa, Juca insistiu e conseguiu arrancar um “certamente foi isso também”. Esta insistência de Juca coincide com texto publicado pelo mesmo em seu blog em que o autor Mario Rui Feliciani, de maneira irônica chama Ciro Gomes de “homem demais” e traça um paralelo com o relato de Dráuzio Varela sobre a ausência dos homens em situações de doenças terminais ou carceragem de um familiar

blogjucakfouri
Ataque a Ciro pelo não ao PT (Reprodução: Internet)

Já o jornalista Joaquim de Carvalho, do Diário do Centro do Mundo, foi mais assertivo contra Ciro e chamou de “vexatório” o fato do ex-governador não ter apoiado explicitamente Haddad no segundo turno. Fica claro que para o jornalista não havia opção para Ciro a não ser apoiar o PT. Será?

Na TV 247, também no YouTube, Leonardo Attuch criticou não somente Ciro Gomes como também a fala de Cid Gomes em evento da candidatura Haddad em que o senador eleito pelo Ceará disse que era preciso o PT fazer um “mea culpa”. Para Leonardo, as críticas ao PT foram “absurdas” e afirmou que os irmãos Gomes não estão a altura dos problemas brasileiros.

Leonardo Attuch
Para Leonardo Attuch, o não apoio de Ciro a Haddad é “imperdoável” (Reprodução: YouTube)

Já no programa da TVT “Papo com Trajano” do dia 07 de novembro, o jornalista José Trajano leu uma notícia sobre a reunião entre Ciro Gomes e Marina Silva em Brasília em tom bastante irônico para depois emendar em crítica ao PDT e sua traição à memória de Brizola e Darcy Ribeiro. As críticas a parlamentares e governadores do partido são corretas, mas será que Trajano lembra-se que antes de morrer Leonel Brizola fez duras críticas ao governo Lula?

Todo esse vendaval de críticas ao Ciro Gomes esbarram num fato que eles não destacam: Haddad venceu o segundo turno no Ceará com mais de 70% dos votos e vitória em todas as cidades do Estado. Era preciso mesmo Ciro apoiar explicitamente Haddad? Os números mostram que não.¹

A questão é que Ciro quer distância do PT não só pelo que o partido fez para desmontar sua campanha no primeiro turno, mas também pelo antipetismo que ele sabe que não cessará nas próximas eleições. Então só há uma alternativa para que alguém derrote Bolsonaro em 2022: Distanciar-se do PT, já que certamente o partido terá candidatura própria (como sempre o teve), e oferecer-se como terceira via, como de fato ele o fez neste segundo turno, deixando claro que não tem compromisso com nenhum dos lados que avançaram.

Esta imprensa “alternativa” já tem um compromisso: desconstruir qualquer outra via de esquerda que se apresente como alternativa ao PT. Para estes “jornalistas” e comentaristas a hegemonia da esquerda pelo PT é mais do que correta e quem não estiver ao lado do ex-presidente deve ser jogado para escanteio. O compromisso deles não é com o Brasil e nem com o Trabalhismo ou a esquerda. O compromisso desta mídia é com o PT.

1 https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/eleicao-em-numeros/noticia/2018/10/29/haddad-ganha-em-todas-as-cidades-vencidas-por-ciro-gomes-no-1o-turno.ghtml
*PIG é um termo criado pelo jornalista Paulo Henrique Amorim que significa “Partido da Imprensa Golpista”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s